fbpx

Como os pais podem contribuir no processo de socialização dos adolescentes?

Crise dos 25, já passou por isso?
12 junho, 2018
Nutrir e Gerar!
20 junho, 2018
Ver seu filho crescer, não é tarefa fácil, certo? São tantos os questionamentos e sentimentos. Se fui rude demais?
O que devo fazer? Como será que agi: certo ou errado? Será que eu soube educar? Houve exageros na proteção?
Será que meu filho consegue se virar sozinho? Será que ele é capaz? Entre tantos outros.

Adolescência é uma fase agradável, porém conturbada, não é mesmo?
Quem tem filhos percebe o quanto é diferente educar do que vivenciar essa fase. Com isso surgem também os sentimentos de dúvida, medo, insegurança ansiedade e tantos outros que influenciam no cuidado com o adolescente, principalmente quando se trata de deixa-lo agir por si mesmo.

Saiba que você pode ajudar seu filho no processo de socialização!

 

Cabe aos pais também perceber e compreender os sentimentos e interesses dos seus filhos.
Impor limites e ceder são tarefas difíceis para os pais, certo?
Quando devo ser mais compreensivo e quando ser mais incisivo? Afinal, controle e afeto, são fundamentais para auxiliar os adolescentes no processo de socialização. Isso significa que devemos exigir algumas condutas de nossos filhos a fim de que sejam atingidas determinadas metas, e também fornecer carinho e apoio adequados e consistentes às necessidades deles.

Contribuir para o processo de socialização do seu filho no mundão lá fora, parece difícil, não é mesmo?
Sabendo que suas atitudes e decisões influenciam diretamente no comportamento do seu filho, uma boa maneira de resolução de conflitos é realizar a solução do problema de forma conjunta. Para que tanto os adolescentes quanto os pais possam sentir-se satisfeitos diante dessa situação, é recomendado que se crie regras e que seja proposto um espaço para ambos os lados exporem suas ideias e sentimentos, buscando sempre um acordo mútuo.

Quando se busca uma compreensão maior do conflito, os pais podem auxiliar seus filhos a repensarem suas atitudes, e assim, proporcionar um amplo repertório para que os seus filhos saibam como agir fora de casa!
Ser pai é cuidar e compreender que os filho são seres frutos de si, mas que criam seus próprios destinos, sendo seres do vento nesse imenso universo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat